...devoção à Pachamama

...devoção à Pachamama

Seja bem vindo!!!!

A esta tentativa da humanidade sensível de criar uma comunidade espiritual, solidária e leve...com devoção à Vida, a esta existência como bandeira e a consciência grupal como exercício, seguindo nosso coração como guia...tentando, tentando viver em amor e liberdade.


Lucidor Flores

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

COMPARTILHANDO AMOR DE MAMA....


amados uaikis
nossa mama zulema tem em seu caderninho uma histórinha pessoal que ela chamou de minha caixinha de ferramentas... e hoje venho compartilhá-la como uma lição muito nutritiva e sábia para todos nós...
sabem amados, muitas vezes estamos tão voltados para fora que esquecemos ou desconhecemos a linda caixa de ferramentas que Pachamama nos presenteou nesta vida sagrada!!!
bom então vamos escutar nossa mamita querida e irradiar para ela, a medida que lemos, todo o nosso carinho e nossa gratidão por nos brindar com tão luminosas palavras...
"Fazia pouco tempo que havia chegado a esta linda cidade, deixando para trás minha casa, amigos, familiares, vizinhos, animais e sobre todas as coisas "o sol" de minha vida, meu filho. Me perguntava o que faria aqui nesta enorme cidade, até que conhecera gente, até que encontrara novos amigos. A quem recorreria se necessitasse ajuda... Foi então quando me dei conta de algo... que ao enviar-me Pachamama a esta terra não me deixou partir sem antes revisar minha bagagem e comprovar que havia colocado ali tudo o que necessitaria. Então dediquei-me a revisar minhas maletas e entre elas encontrei uma pequena caixinha. Ao abri-la pude ver uma quantidade de ferramentas, dispunha ali de todas as ferramentas necessárias para virar-me por mim mesma em cada um dos obstáculos que poderiam se apresentar. E esta caixa de ferramentas estava cuidadosamente localizada na parte mais profunda de meu ser, exatamente dentro de meu coração. Dispunha de uma lâmpada com uma luz muito branca e luminosa que me iluminaria nos momentos de obscuridade. Havia também um sininho de cristal tão puro que ao soar emitia uma música melodiosa capaz de alegrar-me nos momentos de tristeza. Contava, além disso, com um molho de chaves, uma para fazer os ajustes necessários em minha saúde, outra para manter minhas forças para poder fazer frente a todas as adversidades, outra para abrir minha mente e mantê-la limpa e clara, para desse modo poder distinguir com nitidez o bom e o ruim deste mundo. Também havia uma chavezinha pequenina para abrir meus ouvidos e poder escutar claramente a voz do Pai Celestial guiando-me. Havia um gerador de amor cujo produto eu devia enviar a todas as pessoas, animais, plantas e para todas as coisas. Me emocionei muito ao encontrar ali dentro uma mão que pegaria a minha com força quando necessitasse cruzar as pontes sobre perigosos abismos ou rios tempestuosos desta vida. Também havia uma espécie de pincel de seda e um frasco com um líquido transparente, com perfume de jazmin que me ajudaria a manter os olhos limpos e claros para poder ver meu caminho. E em um cantinho, em um papel dobrado em quatro partes havia uma notas de meu pai que dizia: "Filha minha, conserva estas ferramentas para que, aplicando-as na tua vida, possas proteger-te, leva-as sempre contigo e verás que nunca te sentirás sozinha. Não vaciles em chamar-me cada vez que necessites, será para mim um prazer escutar-te. Espero que ao finalizar tua experiência nesta vida, regresses a meu lado. Te esperarei com os braços abertos."
Hoje já conheci muita gente e tenho muitos amigos, ando por esta cidade aonde, como em todos as partes, existem coisas boas e coisas ruins, alegrias e tristezas, problemas, necessidades, e eu estou misturada a tudo isso, luto como todos e trabalho como todos mas contudo existe algo que me diferencia de muitos e que descobri graças a ter me encontrado só, longe de meu mundo. Foi como conhecer-me por dentro, por primeira vez vi um mundo novo, um mundo desconhecido que estava dentro de mim. Era meu mundo, meu ser, meu eu. E me pergunto...quantos são os que ainda não revisaram sua bagagem? Sim, existe algo que me diferencia de muitos, algo que estou aprendendo a usar, que me dá segurança, felicidade e que sempre me acompanha: minha caixinha de ferramentas. Oxalá a encontres tu também!"
com muito amor e ternura os irradio,
mama isolda

Pachamama esta siendo agredida.......



calentamento global, una preocupaçao para envolver a tudos os uaikis!
ha colapsado 14.000 kilometros cuadrados de gelo, obedece al grave esquentamiento da Peninsula Antártica, desde faz medio siglo, 0,5 por década........a plataforma de Wilkins, una das mas grandes placas de gelo ha colapsado, y nosso coraçâo fica apertado, logo de vigilancia satelital desde faz mesees, se ha observado o desprendimiento de un setor de 14.000 kilometros cuadrados, imaginen amados este grave fato!
este é un gravisimo dato da pachamama, y nos muestra que a aceleraçao del desgelo na region deja curtos os piores pronosticos, sobre el colapso definitivo das grandes plataformas de gelo flotante en torno a la peninsula antartica........os cientificos estan surpresos, pois su prediçao de treinta años se ha reducido a cinco......
Queridos uaikis!
este y outros fenomenos, nos muestran la ignorança reinante,a necesidad de mudar hacia un ecosocialismo, en el que socialicemos nosso vivir, con pachamama, baseados en la consciencia familiar, de que tudos somos una grande y so naçao.........
este é o tiempo dos discipulos!!!
este é o tiempo dos uaikis! que se organizan alredor de a Sagrada Utopia, amados uaikis! Acordemos a ser altamente conscientes, solidarios con tudos os seres vivos, y lembren que aqui en esta senda tudo, absolutamente tudo é considerado vivo, como os gelos, o viento, a chuva, os sonhos, os irmaos, os coraçâos........
a utopia de una fraternidade social y un desenvolvimiento autosustentavel, esta ecovision espiritual da vida, temos que desenvolverla desda a consciencia y nao hay tiempo que perder, peso a tudos que reflitamos juntos aqui, sobre esta situaçao y como movimiento avanzemos siguiendo os pasos de nosso avos andinos, y de esos bravos aspirantes brasileros chico mendez, y dorothy stang que regaron a pachamama con su sangue por os valore eticos da vida, por la defesa dos ecosistemas humanos y nao humanos.......
amados, vamos a mexer este tema?!!!
un sonho que se transforme en projeto, como o que estamos elaborando ya aqui en a casita de pelotas, un sonho de liberaçao de tuda esta mentira comercial del sistema que nos vende tudo, desde el genoma, a los organos infantiles, amados acordemos por favor, pachamama esta tremiendo!!!
con o coraçao en cristo!
lucidor flores









La rotura de Wilkins y su fragmentación en témpanos gigantescos rubrica el acelerado deshielo en la región y deja cortos los peores pronósticos sobre el colapso de las grandes plataformas de hielo flotante en torno a la península. "Los sucesos recientes demuestran que fuimos demasiado conservadores cuando a principios de los 90 predijimos que la placa Wilkins se perdería en unos treinta años; está sucediendo mucho más rápido", valoró David Vaghan, del Servicio de Investigación Antártica Británica (BAS) cuando las imágenes de satélite de la Agencia Espacial Europea (ESA) detectaron las primeras grietas importantes en la placa, en febrero de 2008.

La placa de hielo Wilkins, una vasta superficie de hielo flotante adherida durante siglos al costado suroeste de la península antártica, se suma a la larga y creciente lista de plataformas heladas -Larsen A, Larsen B, etc- que han desparecido total o parcialmente en las últimas dos décadas. Wilkins ya sufrió una primera rotura significativa en 1998, cuando se desprendió un bloque de algo más de 1.100 kilómetros cuadrados, y otras parciales a lo largo de 2008 que casi liquidaron el puente de hielo que conecta las islas Charcot y Latady.

El nuevo colapso ha dejado el Mar de Bellinghausen, escenario de la actual campaña del 'Hespérides', sembrado de témpanos e icebergs de enormes proporciones que hacen muy peligrosa la navegación. Cubiertas hasta ahora por la plataforma de hielo, son aguas relativamente desconocidas. "No hay información fiable sobre la topografía del fondo, que según nuestros datos estaría entre 150 y 300 metros en la zona donde estamos trabajando", afirmó el comandante del 'Hespérides', Pedro Luis de la Puente. Desde el buque de la Armada han avistado icebergs desgajados de la placa y varados, "lo que indica que seguramente superan los 200 metros de altura", apostilló.

El Mundo.es

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

..compartilhando amor de Mama...CONHECIMENTO DE SI


Amados uaikis
ontem aqui no ashram de pelotas, a casita, tivemos um lindo curso de personalidade espiritual e lucidor nos falou com muita sabedoria desta chave que nós todos recebemos quando entramos no ayllu, sim nosso nome espiritual...ah amados...esta chave é um presente sagrado, é uma dádiva...é a oportunidade nesta vida de conectar com o ser que sempre sonhamos ser...entao hoje lendo os escritos da mama zulema encontrei este pequeno textinho que fala deste descobrir-se...deste caminho para conhecer-nos e reinventar-nos, sim reinventar-nos com doçura, fraternidade e muito amor...
Quando mais nos conhecemos, maior é a clareza. Carece de limites o conhecimento de si mesmo pois não conduz a um fim, é um rio em marcha que quanto mais aprofundamos, maior é a paz que se sente. Somente quando o espírito encontra-se tranquilo, graças ao conhecimento de si mesmo, surge a realidade nesta tranquilidade, neste silêncio...somente então, encontramos a felicidade, a ação criadora.

amados...vamos aprofundar neste silêncio e deixar sair de dentro de nós quem sonhamos ser!!!!
com alegria, confiança e gratidão
mama isolda

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

MÍSTICA ANDINA CONVIDA PARA....



CURSO DE PERSONALIDADE ESPIRITUAL

Reinventar-se é uma possiblidade da consciência acordada, através de compreensão, visualização e respiração.
Novas percepções sobre a antiga técnica andina de renascimento espiritual.

com Lucidor Flores e Mama Isolda

Data: 04/02/2009 (quarta-feira)

Horário: 20h

Local: Casita - Rua Miguel Tarnac da Rocha, 39 - Pelotas/RS

Informações e inscrições: com Ludmila (53) 84016124 ou com Susi (53) 99823011

www.misticaandina.com.br