...devoção à Pachamama

...devoção à Pachamama

Seja bem vindo!!!!

A esta tentativa da humanidade sensível de criar uma comunidade espiritual, solidária e leve...com devoção à Vida, a esta existência como bandeira e a consciência grupal como exercício, seguindo nosso coração como guia...tentando, tentando viver em amor e liberdade.


Lucidor Flores

domingo, 22 de setembro de 2013

22 de setembro....


Abre teu coração... 
Deixa sair o potro indomado de teu espírito.
Floresce hoje, estrelando, estrelando, 
vibrando esta primavera!
Lucidor Flores

Diário das Delícias

www.misticaandina.com.br

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Uma totalidade em movimento...

Tudo o que fazes, o fazes ao Todo, tudo o que é “teu”, é de todos, e tudo o que os demais sofrem, tu o sofres.
Meditar em profundidade e irradiar, é maravilhoso serviço devocional. Claro, ninguém verá esta irradiação, mas é mais vital do que parece.
Ajudar aos que sofrem é um glorioso jeito de viver. Não há diferença entre nós. Quando nos sentamos e sentimos dentro, atravessando o dragão da ansiedade e do controle, todo o universo está ali, a vida toda pulsa em nosso ser.
Dancemos com a vida, e ajudemos com o poder de sentir que ajudando nos ajudamos, eu e o outro não existe, somos todos um... uma totalidade em movimento, dançando e intentando entrar no reino da Nación Pachamama!
Lucidor Flores
AS DANÇAS DO SUSPIRO - Prática dos 21 dias
www.misticaandina.com.br

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Dançar com a vida!!!

E o que é dançar??
É intentar, com todo o coração, com toda a mente, e com o corpo, ser presença, e fluir, dançar no poema arco-íris do instante presente, e intentar e intentar, até que o gesto seja espontâneo e a dança surja de todos os átomos que querem vibrar em harmonia e unidade...
É uma tarefa de guerreiro espiritual recuperar a espontaneidade, fomos habituados a fazer algo em função de uma outra coisa, ou alvo, e assim, criamos essa aridez e luta... a ser virtuoso em função da respeitabilidade, a resolver o tema econômico por medo da pobreza, a estar com alguém para não estar sozinho, tudo isso cria insatisfação, e te impede de estar pleno, completo...
Intentar, a cada instante, fazer o que estamos fazendo como uma dança, inteiros, com mente, coração, instinto e alma nos dá a espontânea fluidez de fazer tudo como um jogo, na total luz da essência viva, presente...

Assim, surge natural a beleza de todo ser e situação… e a dança é em si mesma, sem estar conectada com nada como uma causa ou um efeito… é tão simples, mas me sinto inábil para pôr em palavras, iremos descobrindo isso no caminho…
Lucidor Flores
AS DANÇAS DO SUSPIRO - Prática dos 21 dias

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Dançar com a vida...


Neste tempo te peço que dances com tudo o que acontece, assim, seguimos o que o Anjo dançante do caminho ensina:
O SER DANÇANTE OLHA NA CASUALIDADE A SUA CAUSALIDADE E, ASSIM, MEDITA, SENTE E FLUI...

Sim, querido peregrino dançante, neste tempo, entras em um momento de hierofanias, de especial atenção de tua alma, e do teu anjo solar em ti, e toda casualidade é algo inédito e sagrado. Aprende, observa e dança... flui com o que És! Este aprender a ser fluido com o que é, por nenhuma circunstância, o tome como uma flacidez, nada disso, é a tensão justa, o ponto justo em que a música é sintonizada e flui como néctar de compreensão em tua consciência... reflete sobre isso... Lucidor Flores 
Prática dos 21 dias  - AS DANÇAS DO SUSPIRO - Pachamama, a casita que baila